[Resenha] The Big Bang Theory

Esta foi a primeira série que deu voz e vez ao mundo geek e é de enorme sucesso no mundo.
Em um apartamento em Passadina (cidade norte americana) Leonard Hofstadter e Sheldon Cooper dividem moradia mas sempre recebem a visita dos mais íntimos Rajesh Koothrappali e Howard Wolowitz.
O quarteto trabalha na mesma universidade como pesquisadores e são gênios quase indomáveis, com diversas invenções divertidas.
Também são os típicos geeks convictos de visitar a loja de quadrinhos toda semana, assistir diversas vezes Star Wars, superar uma trilha de obstáculos de lazer criada por eles mesmos apenas para comer um pedaço de pizza.
O mundo tranquilo do quarteto é abalado quando fazem amizade com a vizinha gostosa da frente Penny, que ao longo das temporadas vem a se tornar uma ótima amiga e protetora, também namorada do Leonard.

The Big Bang Theory

Apesar do quarteto ser igualmente importante, o personagem principal e foco em diversos episódios é Sheldon Cooper e seus TOCs (transtornos obsessivos compulsivos).
Com dificuldades de se socializar o brilhante cientista desde a infância diverte-se em seu mundo mas possui enormes dificuldades de conviver com pessoas.
Até mesmo um sorriso é difícil mesmo estando muito feliz, mas surpreende na série ao conhecer uma mulher semelhante, a neurocientista Amy, que acaba se tornando a sua namorada.
Sheldon lava roupas sempre aos sábados à noite, às quintas é o dia de comer comida japonesa e precisa bater na porta da Penny três vezes.
O mundo acompanha pela TV a evolução de Sheldon no mundo até conseguir dar um beijo na boca e fazer um pedido de casamento.
No Brasil a série é exibida pelo Warner Chanel todos os dias em diversos horários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *